Translate

04 fevereiro, 2012

Tempo


ouço o sussurro da garoa
o assobio do vento
e ouço teus passos,  tempo

deixa essa noite aí fora
vem pertinho...sem demora
vem dormir na minha cama
escuta este que te chama

deixa lá a chuva e o vento
para um infinito momento
não há melhor acalento

se eu pudesse te prender
nesse quarto para sempre
eternamente poderia viver

16 comentários:

  1. "Vc quer parar o tempo?
    O tempo não tem parada."

    ResponderExcluir
  2. Adorei o seu blog, Parabéns!

    Conheça o www.artecomfeltro.blogspot.com

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. "e ouço teus passos, tempo"...lindo!
    Grato pela visita!
    Bom lugar aqui!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  4. Ola! que lindo, quem me dera saber escrever assim.
    gostaria muito mas não tenho talento nenhum.
    Parabéns. Vem fazer uma visita no meu blog se gostar me siga.
    bjo

    ResponderExcluir
  5. Todos queremos domar esse malandro que é o Tempo!!

    ResponderExcluir
  6. "se eu pudesse te prender
    nesse quarto para sempre
    eternamente poderia viver" aiai, quanta lindeza.

    ResponderExcluir
  7. o senhor tão bonito de que caetano fala: tempo, tempo, tempo, tempo



    beijo

    ResponderExcluir
  8. E ele cada vez foge mais rápido...
    BJs

    ResponderExcluir
  9. Olá querida, como vai?

    Estou visitando alguns blogs e encontrei o seu! Adorei aqui e já estou seguindo.
    "Tempo, tempo, mano velho!"

    Beijocas carinhosas da...
    Fe

    ResponderExcluir
  10. Guardo um pequeno tempo
    aqui dentro do peito
    tentando viver eternamente....

    Parabéns por teu belo e sensivel poema!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  11. Como gosto de poesia, foi o nome do teu blogue que me trouxe até aqui.
    E valeu a pena a caminhada, já que gostei da tua poesia.
    Voltarei, por certo.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  12. Põe o Time do Pink Floyd na vitrola aí!

    ResponderExcluir
  13. O tempo à tempo da mais linda poesia.

    Nicast, Um lindo final de semana

    Beijusssss

    ResponderExcluir
  14. Corpos com o mesmo propósito, se completam,se multiplicam em desejos compartilhados.Que belo pensamento poético, que belo post.Vou voltar.Beijo de leitor fã.:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir